fbpx

Gabriel Ferreira Zacarias

é professor de História da Arte na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Na França, passou pela École des Hautes Études en Sciences Sociales e pelas universidades de Perpignan, Estrasburgo e Paris X. Esteve entre os primeiros a estudar os arquivos de Guy Debord na Biblioteca Nacional da França e hoje é uma das principais referências nos estudos sobre o movimento situacionista. Apresentou a coletânea de notas inéditas de Debord, Poésie, etc (L’échappée, 2019) e co-organizou, com Alastair Hemmens, o livro The Situationist International: A Critical Handbook (Pluto Press, 2020). Pela Editora Elefante, publicou No espelho do terror: jihad e espetáculo (2018) e Crítica do espetáculo: o pensamento radical de Guy Debord (2022), e, como coautor, Capitalismo em quarentena: notas sobre a crise global (2020).

 

É autor(a) em:

 

Também colabora em:

 

Postagens relacionadas:

88º título da Elefante: Crítica do espetáculo, de Gabriel Zacarias

O 88º título da Elefante é um estudo aprofundado sobre a obra de Guy Debord, o teórico que, em 1967, […]

Ler mais

Para compreender Debord e o Espetáculo

Introdução de Crítica do espetáculo, por Gabriel Zacarias Publicado no Outras Palavras   Vivemos em uma sociedade do espetáculo. Improvável imaginar […]

Ler mais

Lançamento de "A sociedade autofágica", de Anselm Jappe, com Gabriel Zacarias e Olgária Matos

Em 29 de outubro de 2021, promovemos uma conversa entre Anselm Jappe, autor de A sociedade autofágica: capitalismo, desmesura e […]

Ler mais