fbpx

Paula Braga

era analista de sistemas, formada em ciência da computação pela Universidade de São Paulo (USP), quando, de repente, viu a pintura do Lasar Segall da casa do Zeca. Parou tudo, formou-se em artes visuais pela Universidade de Illinois em Urbana-Champaign (UIUC) e concluiu o mestrado em história da arte, também na UIUC. Voltando ao Brasil, fez doutorado em filosofia na USP e pós-doutorado em teoria da arte na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Hoje, é professora de estética no curso de filosofia da Universidade Federal do ABC (UFABC). É autora do livro Hélio Oiticica, singularidade, multiplicidade (Perspectiva, 2013) e organizadora da coletânea Fios soltos: a arte de Hélio Oiticica (Perspectiva, 2008), além de assinar vários artigos para revistas, catálogos de exposições e capítulos de livros, dentre os quais “Anos 60: descobrir o corpo”, publicado em Sobre a arte brasileira (WMF Martins Fontes, 2015).

 

É autor(a) em:

 

Postagens relacionadas:

74º título da Elefante: "Arte contemporânea: modos de usar", de Paula Braga

Os originais que se transformariam no livro Arte contemporânea: modos de usar” chegaram no e-mail da Elefante em janeiro de […]

Ler mais