fbpx

600 mil vítimas do genocídio

Na última sexta-feira, 8 de outubro, o Brasil contabilizou 600 mil mortes por covid-19: o segundo país com maior número de óbitos, só atrás dos Estados Unidos. A grande maioria dessas perdas poderia ter sido evitada se Jair Bolsonaro, seus filhos, ministros, aliados no Congresso e assessores do “gabinete paralelo”, além de grandes empresários, não tivessem ativamente […]

Ler mais

O brasileiro em chamas

Por Breno Castro Alves @trocavales Newsletter da Elefante   Fez 4,7 ºC na noite em que a Cinemateca queimou. Malditos nem cinco Celsius deram as caras em São Paulo. Não esquentou a noite, ainda que queimassem memórias irreparáveis. Dias antes, Borba Gato queimou de pé. A estátua é feita de concreto e no máximo chamusca, diferente dos rolos […]

Ler mais

Bolsonaro genocida relata ataque a indígenas e promoção do coronavírus

Por Leonardo Sakamoto Publicado no UOL   O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem sido acusado por seus críticos de adotar comportamentos genocidas em duas frentes. Através de ações que desrespeitaram a dignidade de populações indígenas, colocando em risco sua sobrevivência cultural e material e o meio ambiente. E por conta de ações que tomou […]

Ler mais

Este livro, neste momento, com este título

Por Tadeu Breda, editor Depois de uma longa espera (abrimos a pré-venda em 23 de março), finalmente mandamos pra gráfica o livro Bolsonaro genocida. Trata-se de um projeto que a Elefante vem ruminando desde 2020. As costuras começaram ainda em novembro, quando os sinais da ação criminosa do governo federal contra o meio ambiente e os povos indígenas, e a favor […]

Ler mais

Use máscara, tire o presidente

Chegamos à metade de 2021 com mais de trezentos mil mortos em seis meses, totalizando pelo menos quinhentas mil vidas perdidas para a covid-19 em pouco mais de um ano de pandemia no Brasil. A essa altura, praticamente todos os brasileiros conhecem alguém (familiares, amigos, colegas) que morreu vítima da doença. Somos um país afundado […]

Ler mais

CPI da Pandemia inaugura trabalhos dizendo: ‘Há culpados’

A CPI da Pandemia começou a ouvir na terça-feira, 4 de maio de 2021, quando o país soma 410 mil mortos pela covid-19, os depoimentos de ex-ministros da Saúde. No discurso de abertura da investigação, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), escolhido como relator da comissão, falou por vinte minutos sobre como há responsáveis e culpados […]

Ler mais