fbpx

Estabelecer trilhas para uma nova realidade na Amazônia

Por Sérgio Guimarães Publicado em Infraestrutura para o desenvolvimento sustentável da Amazônia   Evoluída nos últimos cinquenta milhões de anos, a floresta amazônica é o maior parque tecnológico que a Terra já conheceu, cada organismo seu, entre trilhões, é uma maravilha de miniaturização e automação. — Antonio Donato Nobre, O futuro climático da Amazônia   A […]

Ler mais

Em meio a tanta destruição, outro mundo vem despontando

Por Silvia Federici Publicado na Introdução de Reencantando o mundo Imagem: Harvesting Corn, de Elizabeth Downer Riker   Publicar um livro dedicado à política dos comuns pode parecer um sinal de ingenuidade, uma vez que estamos cercados de guerras, crises econômicas e ecológicas que devastam regiões inteiras, e de organizações supremacistas brancas, neonazistas e paramilitares […]

Ler mais

Lançamento de A que custo?, de Nicholas Freudenberg, com Paula Johns e Ladislau Dowbor

Lançamento de A que custo? o capitalismo (moderno) e o futuro da saúde promovido pela ACT Promoção da Saúde e O Joio e o Trigo, com o autor Nicholas Freudenberg, Paula Johns e Ladislau Dowbor. “As corporações são personagens centrais nessa história”, avisa Nicholas Freudenberg, autor de A que custo?, que se pergunta por que […]

Ler mais

Prefácio de A que custo?, de Nicholas Freudenberg, por Ladislau Dowbor

Por Ladislau Dowbor Prefácio de A que custo?   O capitalismo se tornou em grande parte disfuncional. Está com o crescimento estagnado, centrado mais nas movimentações financeiras do que na produção, gerando uma desigualdade explosiva, drenando os recursos naturais de maneira destrutiva, impotente em se reorganizar diante do aquecimento global, incapaz até hoje de se […]

Ler mais

A única saída é criar uma alternativa que supere o capitalismo

“As corporações são personagens centrais nessa história”, adverte Nicholas Freudenberg. O autor inicia A que custo? perguntando-se por que tanta gente ainda tem receio de apontar o capitalismo como o maior problema da humanidade no século XXI. Recorrendo a uma profusão de dados, estatísticas e informações sobre a degradação da qualidade de vida das pessoas e […]

Ler mais

Uma alternativa para 2022 e para o futuro

Por Fabio Luis Barbosa dos Santos, Isabel Loureiro, José dos Santos Souza, José Paulo Guedes Pinto, Leandro Machado, Luciano Coutinho, Marco Antonio Perruso, Marcos de Oliveira Soares, Marinalva Silva Oliveira, Plínio de Arruda Sampaio Jr., Ruy Braga e Viviane Becker Narvaes Publicado na Folha de S.Paulo   Há muitos motivos para não querer que Jair Bolsonaro (PL) […]

Ler mais

87º título da Elefante: O desafio poliamoroso, de Brigitte Vasallo

Havia uma legião esperando pela edição brasileira de O desafio poliamoroso: por uma nova política dos afetos. Enquanto a tradução não saía, soubemos que arquivos da versão espanhola rodavam de tela em tela conforme mais e mais pessoas se cansavam dos imperativos monogâmicos e buscavam referências para tentar viver outros modos de se relacionar. Muitas […]

Ler mais

O Chile reconhece os Direitos da Natureza

Por Alberto Acosta Publicado no Latinoamérica21 Após uma longa disputa, a Convenção Constituinte do Chile aprovou os Direitos da Natureza. O artigo 9 reconhece que “os indivíduos e os povos são interdependentes com a Natureza e formam um todo inseparável. E mais especificamente afirma que “a natureza tem direitos e que o Estado e a […]

Ler mais

Sem direitos da natureza, a liberdade é uma ilusão

Por Alberto Acosta Publicado no Rebelión   “A plena incorporação da natureza como sujeito ao Direito se realizará, sem dúvida, apenas gradualmente; por enquanto, basta estabelecê-la como uma meta que indicará a direção que devemos seguir.” – Godofredo Stutzin (1984), ecologista chileno [1917-2010]   Os primeiros textos propostos sobre os Direitos da Natureza na Convenção Constitucional […]

Ler mais

Indicações de leitura para o #8M

Aqui na Elefante, “feminismo” não é apenas uma área de nosso catálogo, mas um compromisso editorial e uma perspectiva a partir da qual analisamos e procuramos entender e nos posicionar no mundo. Neste 8 de março, queremos enfatizar a luta das mulheres contra o fascismo: uma das bandeiras prioritárias levantadas pelo movimento feminista brasileiro em […]

Ler mais