fbpx

CPI da Pandemia inaugura trabalhos dizendo: ‘Há culpados’

A CPI da Pandemia começou a ouvir na terça-feira, 4 de maio de 2021, quando o país soma 410 mil mortos pela covid-19, os depoimentos de ex-ministros da Saúde. No discurso de abertura da investigação, o senador Renan Calheiros (MDB-AL), escolhido como relator da comissão, falou por vinte minutos sobre como há responsáveis e culpados […]

Ler mais

Veias abertas do agro

Por Breno Castro Alves @trocavales Newsletter da Elefante   Não faz muito tempo e lá estava Lima Duarte brilhando nos intervalos da Rede Globo de televisão: “Bendita terra, que alimenta todo um país, que alimenta o mundo. Bendita terra, uma das maiores agronações do planeta. Me dá orgulho de dizer: sou agro. Agrocidadão. Agroator. Agrobrasileiro”. Na […]

Ler mais

As cinco faces ambientais do agronegócio

Por Caio Pompeia Publicado na Folha de S.Paulo    Reportagem publicada nesta Folha (“Fundo escandinavo exclui Cargill, Bunge e ADM por desmatamento no Brasil”; 5.fev.21) apontou que o Danske Bank havia excluído “​traders” (operadores financeiros) de dois dos seus fundos. A justificativa do banco era a de que, apesar de reconhecer parte dos compromissos ambientais das empresas, não […]

Ler mais

Do agronegócio ao agrodesvario

Por José Eli da Veiga Publicado no Valor Econômico   Está chegando às livrarias uma obra extremamente útil a todos os que quiserem conhecer o processo ironizado no título desta coluna. Em Formação política do agronegócio (Editora Elefante), o pesquisador Caio Pompeia (USP) oferece minuciosa análise histórica, desde as origens da expressão “agribusiness”, nos anos […]

Ler mais

Entra presidente, sai presidente, o agro sempre está aí

O Brasil sempre foi o país do agronegócio. Só que não. Cana de açúcar, café, borracha, pecuária, milho, soja: desde 1500, quem dá as cartas no Brasil são os latifundiários. Olhando para o país em 2021, com uma bancada ruralista que domina o Congresso e a dependência total das exportações de grãos para a China, […]

Ler mais

Contra o imperialismo cotidiano, o modo de vida solidário

Livro essencial para entender a conexão entre a vida cotidiana e os movimentos da política e da economia mundiais, Modo de vida imperial explica como algumas nações “emergentes” passaram a rivalizar com os países “desenvolvidos”, reproduzindo, no próprio território e alhures, a exploração da qual anteriormente eram apenas objeto, e formando um novo arranjo que […]

Ler mais

Novo surto de ebola na Guiné mostra impactos do neoliberalismo na região

Por Allan Rodrigo de Campos Silva   Em 14 de fevereiro de 2021, a Guiné declarou um novo surto de ebola após sete pessoas manifestarem os fortes sintomas da doença – diarreia, vômitos e hemorragia – na cidade de Gouécké. No dia primeiro de fevereiro uma enfermeira local morreu em razão da doença após ser transferida […]

Ler mais

Sistemas globalizados de produção de alimentos, desigualdade estrutural e covid-19

A pandemia não acabou. Na semana de 10 de fevereiro, o Brasil registra 1.357 mortes por covid-19 em 24 horas, com o total de mortos se aproximando dos 235 mil. Há algumas poucas e pequenas boas notícias na direção do fim desse pesadelo: alguns dizem que há queda na curva de casos: são, em média, […]

Ler mais

Nosso modo de vida imperial de cada dia

A Elefante dá continuidade à Coleção Alternativas com o lançamento de Modo de vida imperial: sobre a exploração de seres humanos e da natureza no capitalismo global, dos alemães Ulrich Brand e Markus Wissen. Professores universitários e ativistas políticos, os autores escrevem com os pés fincados no centro do capitalismo europeu na tentativa de entender como […]

Ler mais

Não existe capitalismo sem extrativismo

Por Darío Aranda Publicado em Página 12   Horacio Machado Aráoz é o autor do livro Mineração, genealogia do desastre, em que traça a ligação entre o extrativismo desde a chamada “Conquista da América” até os dias atuais, com exemplos concretos como a mineradora Alumbrera (em Catamarca, na Argentina). “Ser fornecedor de matéria-prima obedece a um […]

Ler mais