fbpx

‘Infraestrutura para a Amazônia’: por um modelo sustentável

Por Ricardo Abramovay Trechos da introdução de Infraestrutura para o desenvolvimento sustentável da Amazônia, publicado no Nexo   Existe uma ampla literatura crítica sobre as infraestruturas representadas pelos megaprojetos na Amazônia. Rodovias, ferrovias, hidrelétricas, dispositivos voltados à exploração de combustíveis fósseis e de minérios são objeto de grande quantidade de estudos mostrando não apenas seus […]

Ler mais

Vítimas do desenvolvimento

Assim como as dezenas de jornalistas, defensores dos direitos humanos, indígenas, camponeses e ambientalistas executadas nos últimos anos no Brasil — vejamos as tristes listas da Comissão Pastoral da Terra (CPT) e de ongs nacionais e estrangeiras —, o assassinato do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips tem como pano de fundo grandes […]

Ler mais

A fome é um fenômeno político

Após uma breve trégua, a fome voltou a se tornar um flagelo no Brasil. Em 2014, na esteira de uma intensa militância social e decisões políticas acertadas, havíamos finalmente saído do Mapa da Fome da ONU. Em 2018, porém, levantamentos do IBGE começaram a mostrar que a conquista se revertera. E a covid-19, que aterrissaria […]

Ler mais

Estabelecer trilhas para uma nova realidade na Amazônia

Por Sérgio Guimarães Publicado em Infraestrutura para o desenvolvimento sustentável da Amazônia   Evoluída nos últimos cinquenta milhões de anos, a floresta amazônica é o maior parque tecnológico que a Terra já conheceu, cada organismo seu, entre trilhões, é uma maravilha de miniaturização e automação. — Antonio Donato Nobre, O futuro climático da Amazônia   A […]

Ler mais

89º título da Elefante: A que custo?, de Nicholas Freudenberg

A que custo? O capitalismo moderno e o futuro da saúde é um livrão. Não só pelas suas 592 páginas, mas sobretudo porque sistematiza de maneira inédita os desafios que as corporações representam para o bem-estar e a sobrevivência da humanidade. É como disse João Peres, do portal O Joio e o Trigo, que editou […]

Ler mais

A Amazônia é chave para compreender a permanência das lógicas arcaicas no Brasil

Por Antonio Martins, na orelha de Infraestrutura para o desenvolvimento sustentável da Amazônia   Nenhum país tem melhores condições que o Brasil de oferecer ao mundo “soluções biológicas para mitigar os efeitos da crise climática”. Trecho de uma mensagem enviada por João Moreira Salles a Ricardo Abramovay, durante o processo de escritura de Infraestrutura para o […]

Ler mais

Lançamento de Pluriverso, com Alberto Acosta e Moema Miranda

Em 30 de março, tivemos o lançamento virtual de Pluriverso: dicionário do pós-desenvolvimento, uma conversa entre Alberto Acosta, político e economista, um dos organizadores do livro, e a socióloga brasileira Moema Miranda, do Coletivo 660, da Ação Educativa. Com a participação gravada Ashish Kothari e interpretação em Libras.       O apoio desta publicação […]

Ler mais

Lançamento de A que custo?, de Nicholas Freudenberg, com Paula Johns e Ladislau Dowbor

Lançamento de A que custo? o capitalismo (moderno) e o futuro da saúde promovido pela ACT Promoção da Saúde e O Joio e o Trigo, com o autor Nicholas Freudenberg, Paula Johns e Ladislau Dowbor. “As corporações são personagens centrais nessa história”, avisa Nicholas Freudenberg, autor de A que custo?, que se pergunta por que […]

Ler mais

Prefácio de A que custo?, de Nicholas Freudenberg, por Ladislau Dowbor

Por Ladislau Dowbor Prefácio de A que custo?   O capitalismo se tornou em grande parte disfuncional. Está com o crescimento estagnado, centrado mais nas movimentações financeiras do que na produção, gerando uma desigualdade explosiva, drenando os recursos naturais de maneira destrutiva, impotente em se reorganizar diante do aquecimento global, incapaz até hoje de se […]

Ler mais

A única saída é criar uma alternativa que supere o capitalismo

“As corporações são personagens centrais nessa história”, adverte Nicholas Freudenberg. O autor inicia A que custo? perguntando-se por que tanta gente ainda tem receio de apontar o capitalismo como o maior problema da humanidade no século XXI. Recorrendo a uma profusão de dados, estatísticas e informações sobre a degradação da qualidade de vida das pessoas e […]

Ler mais