fbpx

O amor e sua ética, segundo bell hooks

Por Silvane Silva Publicado no Outras Palavras   Escrever este prefácio em meio à pandemia de covid-19, vivendo em isolamento social meses, foi um exercício ao mesmo tempo doloroso e libertador. Em certa altura de Tudo sobre o amor, bell hooks diz que, se não pudéssemos fazer mais nada, se por algum motivo a leitura fosse a […]

Ler mais

Amor para tempos odiosos

A Elefante dá início à pré-venda do livro Tudo sobre o amor: novas perspectivas, de bell hooks. O primeiro volume da famosa Trilogia do Amor será lançado em janeiro. Até lá, é possível garantir exemplares com frete grátis e desconto de 10% em nosso site. Aderindo à compra antecipada, você economiza vinte reais e recebe em casa […]

Ler mais

Aborto legal e o desejo de transformar tudo

Há festa nas ruas da Argentina. Mulheres em luta e suas grandes faixas formam a Maré Verde, movimento que na última sexta-feira, 11 de dezembro, se concentrou ao redor do Congresso Nacional, em Buenos Aires, reivindicando a aprovação da lei pelo aborto legal, seguro e gratuito pela Câmara dos Deputados. Começamos este texto nos batuques […]

Ler mais

bell hooks explica tudo sobre o amor

Traduzido por Isadora Szklo no blog do Grifa Podcast Entrevista original de Abigail Bereola no site Shondaland   Para muitas mulheres, a escritora e intelectual bell hooks não precisa ser introduzida. A aclamada autora feminista escreveu mais de 30 livros e transformou em sua tarefa de vida derrubar sistemas de opressão e dominação. Seu livro O […]

Ler mais

bell hooks, por favor

Oswaldo de Camargo é uma referência do movimento negro brasileiro, no qual começou a militar aos dezenove anos. Agora, aos 84, o poeta lida com uma questão pessoal. Seu segundo filho, Sérgio, atual presidente da Fundação Palmares, tem ganhado manchetes por deslegitimar a luta antirracista e sugerir acabar com o “vitimismo” do Dia da Consciência Negra. Para Sérgio, a militância negra brasileira é uma “escória […]

Ler mais

A batalha feminista pela propriedade

Por Verónica Gago & Luci Cavallero Tradução: Helena Vargas & Fernanda Martins Publicado em Sul21   O que acontece hoje é uma renovada batalha pela propriedade. No meio da pandemia? Sim. Portanto, sem fazer rápidas definições grandiloquentes do que está por vir, nos interessa​ pensar no que está acontecendo. Detenhamo-nos em como o futuro está […]

Ler mais

Dívida, moradia e trabalho: uma agenda feminista para o pós-pandemia

Por Verónica Gago e Luci Cavallero Publicado em Anfibia Tradução: Estela Rosa, Medium   O vírus acelerou em todo o planeta a compreensão do neoliberalismo em seus mecanismos perversos sobre corpos concretos. Alguém imagina o que seria desta pandemia sem o debate que o feminismo e outras militâncias vêm fazendo sobre a politização dos cuidados, […]

Ler mais

Capitalismo, reprodução e quarentena

Por Silvia Federici Tradução: Tadeu Breda Publicado originalmente por Traficantes de Sueños   Nós, feministas, repetimos há muitos anos que este sistema não garante nosso futuro, nem nossa vida presente. Este sistema está nos matando de muitas maneiras. Com a agricultura industrializada, por exemplo, ao produzir alimentos que prejudicam nossa saúde (em 2019, mais de […]

Ler mais

Machismo não faz quarentena

“Machismo não faz quarentena!”, reforçaram as mulheres argentinas que na segunda-feira, 30 de março, realizaram um “ruidazo” [barulhaço] em janelas, sacadas e varandas para espalhar por todo país o grito pelo fim do feminicídio e da violência de gênero — ainda mais em dias de resguardo dentro das próprias casas. Organizações sociais contabilizam onze assassinatos de mulheres nos últimos […]

Ler mais

O desejo feminista quer transformar tudo

Foram as greves feministas ao redor do mundo ali em março de 2017 que motivaram Verónica Gago a escrever seu mais recente clamor contra o sórdido avanço conservador e neoliberal. Atravessada pelo calor das manifestações e pela mobilização das mulheres latino-americanas, essa intelectual militante argentina, membro do coletivo NiUnaMenos, reflete sobre o feminismo que brota no “Sul do mundo”, […]

Ler mais